Banner

Atendimento Online

Receba um resumo das notícias por e-mail
Área de Download
Mostrar Cesto
O seu Cesto encontra-se vazio no momento.

Cálculo de IMC

Calculadora IMC
Peso: kgs
Altura: m cm
Leites vegetais – Leites de sementes
Primeiramente, não basta anunciar aos 4 cantos do mundo que o leite de vaca (e todos os de origem animal) e os laticínios fazem mal e são inadequados ao consumo humano. Para sermos construtivos, de bem com a vida, é fundamental falarmos também das opções naturais e saudáveis que substituem este enraizado mito e mau hábito alimentar.
Então, inicialmente vamos entender o que substitui o que:
1. Leite de vaca e outros de origem animal pela manhã: substituir por suco verde + suco de luz do sol. Ou seja, aquela tradicional bebida branquinha que é o leite de vaca, será nutricionalmente substituída por sucos verdinhos contendo, frutas, folhas verdes e sementes germinadas.

2. Refrigerantes: substituir por suco verde + suco de luz do sol.

3. Açúcar: sucos concentrados (sem adição de água) de frutas doces, tortas e docinhos preparados com sementes germinadas, frutas secas e creme de frutas frescas (cruas).

4. Lanches lácteos no meio da manhã, da tarde ou ao deitar: substituir por leites de sementes germinadas conforme receitas sugeridas a seguir.
Nota: os Sucos Verdes e de Luz do Sol você encontra em muitos textos e vídeos do site, principalmente nos links sugeridos ao final deste texto.

Leites de Sementes

A princípio, a regra seria não misturar leites obtidos a partir de cereais com frutas, pois o açúcar complexo dos cereais leva mais tempo para ser digerido que o açúcar simples das frutas, podendo causar algum atraso digestivo e gases.

Porém, ainda assim, esta mistura é mais digestão e saudável se comparada aos males digestivos e intoxicantes ocasionados pelo leite de vaca e seus derivados. Então, no início desta prática não se preocupe muito; pois no futuro, quando já estiver 50% crudívoro, ou 80% de sua alimentação for baseada em vegetais, o próprio organismo, naturalmente, irá evitar este tipo de combinação.

Vantagens dos leites de sementes: ecológico – integral – fresco – cru – apresenta menor chance de causar alergias (aliás, é uma opção para as pessoas alérgicas aos leites de origem animal) - ativa a capacidade de concentração, a memória e a disposição - excelente para problemas de constipação - preparado com sementes germinadas, portanto tem energia vital potencializada. Ideal ser consumido no inverno, época propícia ao consumo de sementes e raízes, como também à noite, pois contém agentes que estimulam a produção de serotonina, importante neurotransmissor do sono restaurador.

Tempo de preparo: 2 minutos.
Equipamentos necessários: liquidificador, panela furada, bacia pirex ou cerâmica e xícara (não use utensílios de plástico ou metal).
Regras gerais para o preparo de um bom leite de semente: Proporção dos ingredientes: a fração gordurosa das sementes deverá propiciar uma textura parecida com a do leite animal. Algumas vezes pode-se recorrer a adição de uma colher (chá) de azeite de oliva extra-virgem ou de coco (prensados a frio), ou, a opção mais interessante, adição de 1 xícara (chá) de polpa de coco verde.

Então, é importante que os leites de sementes não fiquem aguados, porque estamos acostumados com um leite que tem um teor de gordura entre 2% a 4%, que emulsionada, apresenta aquela textura cremosa e palatável.

Ingrediente principal: as sementes germinadas, oleaginosas e neutralizadas pela germinação, são as ideais para o preparo destes leites, pois combinam perfeitamente com as frutas no caso de se desejar preparar uma vitamina. A segunda opção seriam os cereais germinados, sem restrições se consumidos somente com saborizantes tipo ervas frescas. No caso de batidos com frutas, podem causar fermentações ou gases. A regra é: experimente suas receitas e observe a resposta do seu organismo. Existem crianças e pessoas que não formam gases facilmente e outras que são mais propensas.

Dicas de como melhorar o sabor (saborizantes):

Ervas - Menta, hortelã, erva-doce.
Limão ou Laranja - Raspas da casca e um pouco do líquido.
Especiarias - Canela, cardamomo, cravo, vanila (baunilha) em xarope ou varinhas.
Chocolate - Use cacau 100% sem açúcar ou algaroba (**), uma planta que tem a propriedade de tornar os alimentos com sabor parecido ao do cacau. No caso, ambos não são ecológicos, pois, em geral não são crus, integrais nem frescos. Porém, tanto a algaroba quanto o cacau podem ser encontrados "in natura" e crus, embora, caros e raros.
A algaroba é uma árvore de porte pequeno, que tem um fruto parecido com uma vagem de feijão, porém grande, duro e, por dentro, tem uma goma de sabor doce. Quando processado, o grão é seco, torrado e transformado em pó, bastante parecido com o chocolate. Por sua constituição extremamente dura as indústrias de beneficiamento não efetuam a moagem do grão cru, pois pode danificar as máquinas. Você pode encontrá-la também em forma de flocos. No caso dos leites, deve ser batida com as sementes e depois coada, pois tem muita fibra. Use 4 colheres (sopa rasa) para um litro de leite.
Adoçantes - Evite usar açúcar. As frutas poderão transformar o leite numa deliciosa vitamina. Mas, caso você não queira bater com frutas pode-se usar o mel, xarope de agave, xarope de mapple, melado de cana ou de caju. Lembrando que o mel não é um alimento adequado para crianças menores de 7 anos (*).
Frutas - Banana, maçã, mamão, manga, abacate, fruta de conde, uva vermelha, preta ou Thompson, frutas secas, etc.
Sal Marinho ou Missô - Não é necessário – Opcional: uma pitada para cada litro de leite.

Siga estes passos para todas as receitas:
1. Deixe as sementes de molho em água por 8 horas, em alguns casos até 12 horas. Ideal durante a noite. Caso tenha formado bolhas de ar na superfície, não se preocupe, significa que fermentou um pouco, porém não é prejudicial, sendo até benéfico para a digestão, mas não deixe passar de 12 horas.
2. Jogar fora esta água e lavar as sementes em uma peneira sob água corrente.
3. Adicione água filtrada ou mineral no liquidificador.
4. Liquidifique as sementes, sem nenhum outro ingrediente; o tempo vai depender da potência de seu liquidificador. Enquanto tiver pedaços inteiros, significa que deve que bater um pouco mais, porém, evite bater por longo tempo, porque, além de forçar e aquecer o liquidificador pode cozinhar o leite, perdendo assim, alguns nutrientes.
5. Coe em uma panela furada para obter melhores resultados, ou utilize um coador grande, usando uma concha para espremer os grãos contra a superfície da peneira.
6. Retorne o líquido para o liquidificador e bata com os demais ingredientes.
Sugestões de Leites de Sementes

Leite de arroz (cereal)

1/2 copo americano de arroz integral agulhinha. Colocar de molho por 12 horas. Escorrer e lavar. Deixar 8 horas sobre a peneira, lavar bem, e deixar mais 8 horas sobre a peneira, até ver apontar o narizinho da germinação. Lavar bem e colocar no liquidificador com 1 copo de água filtrada. Bater bem e espremer na panela furada. Volte o leite para o liquidificador, acrescente 2 bananas, canela a gosto e bater novamente. Delicie-se!

Leite de Aveia (cereal)

1/2 copo americano de grão de aveia integral. Colocar de molho por 8 horas. Escorrer e lavar bem. Deixar 8 horas sobre a peneira. Colocar no liquidificador com 1 copo de água filtrada + 2 bananas (maçã ou mamão) e sementes de erva-doce. Bater bem e espremer na panela furada. Este é um leite que se bate a semente junto com a fruta. Caso contrário, o leite ficará com um leve tom amargo.

Leite de Linhaça

Começar com 2 colheres de sopa de semente de linhaça. Colocar de molho por 8 horas em 10 colheres de sopa de água filtrada. Passar para uma peneira e dar uma rápida lavada sob a torneira. Colocar no liquidificador com 1 xícara (chá) de água filtrada + 1 xícara (chá) de mamão formosa picado + 1 colher sobremesa de uva passa. Bater e coar na panela furada. Servir imediatamente.

Leite de Girassol

Esta é uma das sementes mais baratas e saborosas, com tom levemente adocicado. Colocar 1/2 copo americano da semente descascada (ou 1 copo da semente com casca) de molho por 8 horas. Escorrer e lavar bem. Deixar 8 horas sobre a peneira. Colocar no liquidificador com 1 copo de água filtrada. Bater bem e espremer na panela furada. Voltar o leite para o liquidificador, acrescentar 1 xícara (chá) de manga picada (ou mamão) e 1 rodela de gengibre. Bater e servir imediatamente.

Leite de Amêndoa

Usar, preferencialmente, a amêndoa doce. Existe um tipo de amêndoa que se chama amêndoa amarga, prove uma, se picar um pouquinho não a utilize para fazer leite. Normalmente a amêndoa amarga é mais barata, mais delgada, tem a pele mais escura e enrugada. A amêndoa doce, ao contrário, é mais gorda, não apresenta rugas na pele e tem uma cor marrom dourado.
Básico: 7 amêndoas doce. Colocar de molho por 48 horas, trocando a água 2 vezes/dia. Tirar a pele e lavar bem. Colocar no liquidificador com 1 xícara de água filtrada. Bater bem e espremer na panela furada 2. Voltar o leite para o liquidificador, acrescente 1 banana ou 2 maçãs e gotas de baunilha. Bater e servir imediatamente.

Leite de Castanha-do-Pará

Esta é uma das sementes que tem maior teor de gordura, portanto, sabor mais forte. Então, use maior quantidade de frutas no seu preparo.
5 Castanha-do-Pará. Colocar de molho por 48 horas. Trocar a água 2 vezes/dia. Escorrer e lavar bem. Colocar no liquidificador com 1 xícara (chá) de água filtrada. Bater bem e espremer na panela furada. Voltar o leite para o liquidificador, acrescentar 1 xícara (chá) de manga picada (ou mamão), bater e servir imediatamente. Delicie-se!

(*) Todo mel contém uma bactéria, que é inerente à sua produção pelas abelhas, que é prejudicial às crianças menores de 7 anos.
(**) Originária dos Andes no Peru, a algaroba espalhou-se pelo México, sudoeste dos Estados Unidos, índia, África do Sul e Austrália, Jamaica e Havaí e adaptou-se muito bem ao clima do sul da Espanha. Aqui, esta árvore pode ser encontrada, assim como mamona, no Brasil.